Páginas

domingo, 11 de fevereiro de 2018

O SUS que a mídia insiste em ignorar! (Uma história comovente de solidariedade)

por Anna Maria De Andrade Sharp no FB - (dica Julia Del Valle Mañez) 


Ontem, dia 06/02/2018, os jornais noticiaram vários tiroteios e o fechamento das linhas amarela e vermelha na cidade do Rio de Janeiro.

Estas reportagens fizeram questão de mostrar os vários problemas de nossa cidade e a ineficiência do estado em cuidar do seu povo.

Neste mesmo dia, estavam internados no Instituto Nacional de Cardiologia dois pacientes, um de 12 e outra de 26 anos, que estavam em prioridade devido a gravidade de seus quadros.
No meio deste dia tão tumultuado surgiu a possibilidade de um transplante !


Foi mobilizado um avião da FAB, a polícia, os bombeiros, o aeroporto do Santos Dumont fechou, transfere para o pouso para o Galeão. Um helicóptero leva o órgão de lá ate a rua Pinheiro Machado, novamente a polícia e os bombeiros entraram em ação.

Quando estava começando o transplante chega a notícia que outro órgão está disponível! Como sempre surgem problemas, o hospital onde estava o doador precisava realizar um ecocardiograma e não tinha quem o fizesse. Brasileiro não desiste nunca!

Um médico sai do INC, passa pela linha vermelha (sem tiroteio na hora) e vai lá fazer o exame.

Num mesmo dia, dois pacientes graves que precisavam de transplante, receberam seus órgãos. A imprensa prefere não mostrar a boa notícia, não mostrar como o SUS pode ser eficiente ou como os servidores públicos são dedicados no seu trabalho.

Hoje, dia 07/02/2018, eu agradeço a todos os envolvidos nesta história não contada pela
mídia - Parabéns Dr. Bruno !