Páginas

terça-feira, 17 de abril de 2018

Dona Ivone de Lara e a Luta Antimanicomial




Dona Ivone Lara no meio de uma roda de médicos no Hospital Engenho de Dentro, onde exerceu as profissões de enfermeira e assistente social, especialista em Terapia Ocupacional, sendo companheira de trabalho da doutora Nise da Silveira.

Com a finalidade de resgatar vínculos, Dona Ivone percorreu quilômetros de estrada pelos municípios do Rio e pelos estados vizinhos, localizando mães, pais, avós e tios que haviam abandonado seus familiares no hospital, acreditando que não havia mais nada a ser feito por eles – afinal, esse era o diagnóstico que ouviam dos próprios médicos.

Além disso, colaborou para que a música também pudesse ser remédio para aquelas pessoas dadas como perdidas.

Além de ser Rainha do Samba, Dona Ivone é parte importante na história da Luta Antimanicomial, Serviço Social e Saúde Pública no Brasil.