Páginas

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Nenhum brasileiro no Comperj! Moro venceu!

Talvez o dr. Zucolotto possa ser consultor jurídico dos chineses...

Murrow transformou isso em ruínas...


Informam o Globo Overseas sua repórter Ramona Ordoñez que a gigantesca empresa chinesa Shandong Kerui deve arrematar, na bacia das almas, a Unidade de Processamento de Gás Natural, do Comperj, no Rio, um projeto super-prioritário da Petrobras (antes de ser a Petrobrax do Pedro Malan Parente), para aproveitar a monumental riqueza em gás do pré-sal (quando era brasileiro e, não, do Mishell).

O Judge Murrow fechou o Comperj em 2004, informa o Globo.

(E está solto... E exerce a função de Juiz...)

A chinesa deu R$ 2 bilhões para tomar conta daquela ruína.

Vai ser processada, segundo o professor Bercovici, com o Malan Parente, por receptação dolosa.

Mas, até a canoa virar, os chineses vão trazer para o Rio engenheiros, químicos e operários em geral.

Vão construir uma cidade em Itaboraí, onde só chineses poderão morar.

É como fazem na África e na Ásia, em economias subdesenvolvidas e vulneráveis, sem espinha dorsal.

Ali não trabalhará um único brasileiro.

Com a exceção, talvez, quem sabe?, do Dr. Zucolotto, como assessor jurídico para assuntos relativos à Lava Jato.

O Judge Murrow é ou não é um vencedor?

PHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário